• Notícias

Liminar garante internamento de paciente do SUS em UTI da rede privada

Publicado em: 22/08/2017 10:30:37

Aduseps ingressou com ação a partir de denúncia recebida. Paciente, com leucemia e paralisia nos rins, aguardava, no HR, liberação de leito.

Foi a partir de mais uma denúncia recebida acerca da falta de leitos de UtI na rede pública de Pernambuco que a Aduseps conseguiu, por meio de ordem judicial, a transferência de mais um paciente do SUS para uma Unidade de Terapia Intensiva. A liminar, proferida na última sexta (18) – mesmo dia em que a Associação ingressou com a ação -, ordenou que o Estado providenciasse, em até 24 horas, o devido internamento de uma paciente de 46 anos, com quadro de leucemia e paralisia dos rins, em hospital da rede pública ou privada.


A paciente, que deu entrada no Hospital da Restauração no último dia 12, com fortes dores de cabeça e mal estar, foi diagnosticada com anemia aguda, tendo evoluído para leucemia aguda. Transferida para o Hemope, para realização de tratamento no sangue, a cidadã sofreu, ainda, com uma paralisia nos rins, motivo pelo qual teve que retornar, com urgência, ao HR, onde aguardou, na área vermelha – local destinado a paciente em estado grave -, a disponibilização de um leito de UTI para hemodiálise com acompanhamento intensivo.


“Tão logo tomamos ciência do caso, por meio do nosso canal de denúncia, agilizamos a propositura de uma ação judicial a fim de que o Estado fosse obrigado a providenciar o internamento da paciente, que, de forma alguma, podia aguardar pela liberação de um leito. No mesmo dia, conseguimos a liminar e a notificação do réu”, conta o advogado Thiago Almeida, do corpo jurídico da Aduseps. A paciente foi transferida para o Hospital Memorial Guararapes, conveniado ao SUS.

Fonte: Assessoria de imprensa Aduseps

Galeria de Fotos